Tell us a bit about yourself and your family

My name is Sr. Shitaye Esayas, and I am a Missionary Sister of Sacred Heart of Jesus. I was born in Abeshge in southern Ethiopia to my parents, Esayas Addise and Luciya Nuramo. I have 2 brothers and 5 sisters, and one of my brothers and all of my sisters are married. Photo: Sr. Shitaye after her Vow Renewal.

Sadly, at the end of 2020, my father went missing when he was walking to his fields at some distance from our family home. We have searched everywhere for him, but still we have no news of his whereabouts or situation. This is a great suffering for the family, but especially for my mother. Please pray for my father, and for our whole family. Thank you.

How did you meet the MSCs and when?

As a teenager, I had a great desire to follow Jesus as a religious sister to serve God and God’s people. In my parish, we had Vocation Group programs twice a month and some priests and sisters used to come from different congregations and taught us topics based on Scripture. I was also in the parish ‘Association of the Sacred Heart of Jesus’. As a group, we had Mass and prayer programs every first Friday of the month. While I was participating in these programs, my desire for religious life became stronger. I had a best friend who had entered another congregation, and who knew about the Missionary Sisters of the Sacred Heart of Jesus, and she gave me Sr. Terezinha’s phone number. I spoke with my parish priest about the MSCs and he encouraged me to communicate with her, which I did. When I told her I would like to join the MSCs, she informed they had a ‘Come & See’ program. During the 2-week program, we went with the Candidates and Pre-novices in Dubbo to visit the different MSC ministries to see how the sisters were serving the poor through education, health care and childcare.

By the end of the ‘Come & See’, I spoke with Sr. Terezinha, and informed her of my interest & happiness to join the MSCs. Then, in October 2011, I became an Aspirant, beginning my formation journey and, later, I became a Candidate. I started my Novitiate in Dubbo on November 1, 2015, and on May 19, 2018 I professed Temporary Vows.

With the help of God, Our Lady of Grace, and St. Frances Cabrini, our Foundress & great Missionary, who is our model for bringing the love of Christ in our world, and with my sisters supporting, teaching and walking with me daily, my journey of life continues as I try to say ‘Yes’ every day to Jesus.

What is your Ministry now?

Professionally, I trained as a Medical Laboratory Technician, but my current ministry is serving in Cabrini Ministries Ethiopia (CME), in Dubbo, southern Ethiopia, and I live in Sacred Heart Community. My role in CME is in Human Resource administration. Additionally, on many Saturdays, I am involved with other MSCs in instructing & guiding the Parish Vocation youth group. We also go to Homba, one of the Parish out-station chapels, where we teach catechism to the different age-groups of children and young adults.

What do you hope for the HSR?

I hope we continue to serve those who are marginalized and abandoned; to be Bearers of the Love of Christ in the world, as we serve our brothers and sisters with great love and respect. I also hope we continue to create more options for those who are poor and impoverished.

What are your dreams for the future?

My dream is for more MSC religious vocations; women who will dedicate themselves to the service of God and the poor; to proclaim the Good News of Jesus, spreading the love of Christ everywhere!

Thanks to Sr. Shitaye for her sharing with us


✧ Conocerte – Hna. Shitaye Esayas MSC

Cuéntenos un poco sobre usted y su familia

Me llamo Hna. Shitaye Esayas y soy una Hermana Misionera del Sagrado Corazón de Jesús. Nací en Abeshge, en el sur de Etiopía, de mis padres, Esayas Addise y Luciya Nuramo. Tengo 2 hermanos y 5 hermanas, y uno de mis hermanos y todas mis hermanas están casados. Foto: La Hna. Shitaye después de su renovación de votos.

Lamentablemente, a finales de 2020, mi padre desapareció cuando se dirigía a sus campos a cierta distancia de nuestra casa familiar. Lo hemos buscado por todas partes, pero seguimos sin tener noticias de su paradero o situación. Esto es un gran sufrimiento para la familia, pero especialmente para mi madre. Por favor, recen por mi padre y por toda nuestra familia. Gracias.

¿Cómo y cuándo conoció a los MSC?

Cuando era adolescente, tenía un gran deseo de seguir a Jesús como religiosa para servir a Dios y al pueblo de Dios. En mi parroquia, teníamos programas de grupos vocacionales dos veces al mes y algunos sacerdotes y hermanas solían venir de diferentes congregaciones y nos enseñaban temas basados en las Escrituras. También estuve en la “Asociación del Sagrado Corazón de Jesús” de la parroquia. Como grupo, teníamos programas de misa y oración todos los primeros viernes del mes. Mientras participaba en estos programas, mi deseo de la vida religiosa se hizo más fuerte. Tenía una amiga que había entrado en otra congregación, y que conocía a las Hermanas Misioneras del Sagrado Corazón de Jesús, y me dio el número de teléfono de la Hna. Terezinha. Hablé con mi párroco sobre las MSC y me animó a comunicarme con ella, cosa que hice. Cuando le dije que me gustaría unirme a los MSC, me informó de que tenían un programa “Ven y verás”. Durante el programa de dos semanas, fuimos con las candidatas y prenovicias a Dubbo para visitar los diferentes ministerios de los MSC y ver cómo las hermanas servían a los pobres a través de la educación, la atención sanitaria y el cuidado de los niños.

Al final del ‘Come & See’, hablé con la Hna. Terezinha, y le informé de mi interés y felicidad por unirme a los MSC. Entonces, en octubre de 2011, me convertí en Aspirante, comenzando mi camino de formación y, más tarde, me convertí en Candidata. Comencé mi Noviciado en Dubbo el 1 de noviembre de 2015, y el 19 de mayo de 2018 profesé los Votos Temporales.

Con la ayuda de Dios, de Nuestra Señora de la Gracia y de Santa Francisca Cabrini, nuestra Fundadora y gran Misionera, que es nuestro modelo para llevar el amor de Cristo a nuestro mundo, y con mis hermanas apoyando, enseñando y caminando conmigo a diario, mi camino de vida continúa mientras intento decir ‘Sí’ cada día a Jesús.

¿Cuál es su ministerio actual?

Profesionalmente, me formé como Técnico de Laboratorio Médico, pero mi ministerio actual es servir en Cabrini Ministries Ethiopia (CME), en Dubbo, al sur de Etiopía, y vivo en la Comunidad del Sagrado Corazón. Mi función en CME es la administración de los recursos humanos. Además, muchos sábados, participo con otros MSC en la instrucción y guía del grupo de jóvenes de la Vocación Parroquial. También vamos a Homba, una de las capillas externas de la Parroquia, donde enseñamos el catecismo a los diferentes grupos de edad de niños y jóvenes.

¿Qué espera del HSR?

Espero que sigamos sirviendo a los marginados y abandonados; que seamos portadores del amor de Cristo en el mundo, mientras servimos a nuestros hermanos y hermanas con gran amor y respeto. También espero que sigamos creando más opciones para los pobres y empobrecidos.

¿Cuáles son sus sueños para el futuro?

Mi sueño es que haya más vocaciones religiosas de MSC; mujeres que se dediquen al servicio de Dios y de los pobres; que proclamen la Buena Nueva de Jesús, difundiendo el amor de Cristo por todas partes.

Gracias a la Hna. Shitaye por compartir con nosotros.


✧ Conoscerti – Sr. Shitaye Esayas MSC

Ci parli un po’ di lei e della sua famiglia

Mi chiamo Sr. Shitaye Esayas e sono una Suora Missionaria del Sacro Cuore di Gesù. Sono nata ad Abeshge, nel sud dell’Etiopia, dai miei genitori, Esayas Addise e Luciya Nuramo. Ho 2 fratelli e 5 sorelle, e uno dei miei fratelli e tutte le mie sorelle sono sposati. Foto: Suor Shitaye dopo il rinnovo dei voti.

Purtroppo, alla fine del 2020, mio padre è scomparso mentre camminava verso i suoi campi a una certa distanza dalla nostra casa di famiglia. Lo abbiamo cercato dappertutto, ma ancora non abbiamo notizie sul suo luogo e sulla sua situazione. Questa è una grande sofferenza per la famiglia, ma soprattutto per mia madre. Vi prego di pregare per mio padre e per tutta la nostra famiglia. Grazie.

Come ha conosciuto le MSC e quando?

Da adolescente avevo un grande desiderio di seguire Gesù come religiosa per servire Dio e il popolo di Dio. Nella mia parrocchia avevamo dei gruppi vocazionali due volte al mese e alcuni sacerdoti e suore venivano da diverse congregazioni e ci insegnavano argomenti basati sulle Scritture. Facevo anche parte dell’Associazione parrocchiale del Sacro Cuore di Gesù. Come gruppo, celebravamo la Messa e i programmi di preghiera ogni primo venerdì del mese. Mentre partecipavo a questi programmi, il mio desiderio di vita religiosa divenne più forte. Avevo una migliore amica che era entrata in un’altra congregazione e che sapeva delle Suore Missionarie del Sacro Cuore di Gesù, e mi diede il numero di telefono di Sr. Terezinha. Ho parlato con il mio parroco delle MSC e lui mi ha incoraggiato a comunicare con lei, cosa che ho fatto. Quando le ho detto che avrei voluto unirmi alle MSC, mi ha informato che avevano un programma “Vieni e vedi”. Durante il programma di due settimane, siamo andati con i Candidati e le Pre-novizie a Dubbo per visitare i diversi ministeri delle MSC e vedere come le suore servivano i poveri attraverso l’istruzione, l’assistenza sanitaria e la cura dei bambini.

Alla fine del “Come & See”, ho parlato con Sr. Terezinha e le ho comunicato il mio interesse e la mia felicità di unirmi alle MSC. Poi, nell’ottobre 2011, sono diventata Aspirante, iniziando il mio cammino di formazione e, successivamente, sono diventata Candidata. Ho iniziato il Noviziato a Dubbo il 1° novembre 2015 e il 19 maggio 2018 ho professato i voti temporanei.

Con l’aiuto di Dio, di Nostra Signora delle Grazie e di Santa Francesca Cabrini, nostra Fondatrice e grande Missionaria, che è il nostro modello per portare l’amore di Cristo nel nostro mondo, e con le mie sorelle che mi sostengono, insegnano e camminano con me ogni giorno, il mio viaggio di vita continua mentre cerco di dire “Sì” ogni giorno a Gesù.

Qual è il suo ministero ora?

Professionalmente mi sono formata come tecnico di laboratorio medico, ma il mio ministero attuale è quello di servire i Cabrini Ministries Ethiopia (CME), a Dubbo, nel sud dell’Etiopia, e vivo nella Comunità del Sacro Cuore. Il mio ruolo in ECM è l’amministrazione delle risorse umane. Inoltre, molti sabati sono coinvolta con altre MSC nell’insegnamento e nella guida del gruppo giovanile vocazionale della parrocchia. Ci rechiamo anche a Homba, una delle cappelle della parrocchia, dove insegniamo il catechismo a diverse fasce d’età di bambini e giovani adulti.

Cosa spera per la HSR?

Spero che continuiamo a servire coloro che sono emarginati e abbandonati; di essere portatori dell’amore di Cristo nel mondo, servendo i nostri fratelli e sorelle con grande amore e rispetto. Spero anche che continueremo a creare più opzioni per coloro che sono poveri e impoveriti.

Quali sono i suoi sogni per il futuro?

Il mio sogno è che ci siano più vocazioni religiose MSC; donne che si dedichino al servizio di Dio e dei poveri; che annuncino la Buona Novella di Gesù, diffondendo l’amore di Cristo ovunque!

Grazie a Sr. Shitaye per la sua condivisione con noi.


✧ Conhecendo você – Sr. Shitaye Esayas MSC

Conte-nos um pouco sobre você e sua família

Meu nome é Sr. Shitaye Esayas, e sou uma Irmã Missionária do Sagrado Coração de Jesus. Nasci em Abeshge, no sul da Etiópia, para meus pais, Esayas Addise e Luciya Nuramo. Tenho 2 irmãos e 5 irmãs, e um dos meus irmãos e todas as minhas irmãs são casados. Foto: Sr. Shitaye após sua Renovação do Voto.

Infelizmente, no final de 2020, meu pai desapareceu quando ele estava caminhando para seus campos a alguma distância de nossa casa familiar. Procurámo-lo por toda parte, mas ainda não temos notícias de seu paradeiro ou situação. Isto é um grande sofrimento para a família, mas especialmente para minha mãe. Por favor, reze pelo meu pai e por toda a nossa família. Obrigado.

Como você conheceu os MSCs e quando?

Quando adolescente, eu tinha um grande desejo de seguir Jesus como uma irmã religiosa para servir a Deus e ao povo de Deus. Em minha paróquia, tínhamos programas de grupos vocacionais duas vezes por mês e alguns padres e irmãs vinham de diferentes congregações e nos ensinavam tópicos baseados nas Escrituras. Eu também estava na paróquia “Associação do Sagrado Coração de Jesus”. Como grupo, tínhamos programas de missa e de oração toda primeira sexta-feira do mês. Enquanto eu participava desses programas, meu desejo de vida religiosa se tornou mais forte. Eu tinha uma melhor amiga que tinha entrado em outra congregação e que conhecia as Irmãs Missionárias do Sagrado Coração de Jesus, e ela me deu o número de telefone da Ir. Terezinha. Falei com meu pároco sobre as MSCs e ele me encorajou a me comunicar com ela, o que eu fiz. Quando eu lhe disse que gostaria de participar dos MSCs, ela informou que eles tinham um programa “Venha e Veja”. Durante o programa de 2 semanas, fomos com os candidatos e pré-noviços em Dubbo para visitar os diferentes ministérios do MSC para ver como as irmãs estavam servindo aos pobres através da educação, cuidados com a saúde e cuidados com as crianças.

Ao final do programa “Venha e Veja”, falei com Ir. Terezinha, e a informei sobre meu interesse e felicidade em participar dos MSCs. Então, em outubro de 2011, me tornei Aspirante, iniciando minha jornada de formação e, mais tarde, me tornei candidata. Comecei meu Noviciado em Dubbo em 1º de novembro de 2015, e em 19 de maio de 2018 emiti os Votos Temporários.

Com a ajuda de Deus, Nossa Senhora das Graças e de Santa Frances Cabrini, nossa Fundadora e grande Missionária, que é nosso modelo para levar o amor de Cristo em nosso mundo, e com minhas irmãs apoiando, ensinando e caminhando comigo diariamente, minha jornada de vida continua enquanto tento dizer ‘Sim’ todos os dias a Jesus.

Qual é o seu Ministério agora?

Profissionalmente, treinei como Técnico de Laboratório Médico, mas meu ministério atual está servindo nos Ministérios Cabrini da Etiópia (CME), em Dubbo, no sul da Etiópia, e vivo na Comunidade do Sagrado Coração. Meu papel na CME é na administração de Recursos Humanos. Além disso, em muitos sábados, estou envolvido com outros MSCs na instrução e orientação do grupo de jovens Vocação Paroquial. Também vamos a Homba, uma das capelas da Paróquia, onde ensinamos catecismo aos diferentes grupos etários de crianças e jovens adultos.

O que você espera para o HSR?

Espero que continuemos a servir àqueles que são marginalizados e abandonados; que sejamos portadores do Amor de Cristo no mundo, pois servimos nossos irmãos e irmãs com muito amor e respeito. Espero também que continuemos a criar mais opções para aqueles que são pobres e empobrecidos.

Quais são seus sonhos para o futuro?

Meu sonho é para mais vocações religiosas MSC; mulheres que se dediquem ao serviço de Deus e dos pobres; para proclamar a Boa Nova de Jesus, espalhando o amor de Cristo por toda parte!

Obrigado à Sr. Shitaye por sua partilha conosco.

Leave a Reply

Your email address will not be published.