Sister Barbara Staley, MSC General Superior

Quisiera desearles a todos una Feliz Navidad. A todas las Hermanas Misioneras del Sagrado Corazón, a los Misioneros laicos cabrinianos, a nuestros corresponsables laicos  en la misión y a todos ustedes que me escuchan hoy. Estamos a punto de terminar nuestro tiempo de Adviento y ahora llega el día de Navidad. El Adviento ha sido un tiempo de espera, un tiempo en el que tomamos conciencia de que necesitamos a Jesús, esperamos su venida de nuevo. No sólo esperamos la celebración de su nacimiento histórico, sino que esperamos que Jesús venga de nuevo al mundo. Sin embargo, Él ya está viniendo de nuevo al mundo mediante nosotros. Tenemos que ser parte de este sueño de Adviento, somos los que podemos traer a Jesús al mundo hoy, ese es nuestro llamado.

¿Cómo conseguimos eso? 

Es por la forma en que nos tratamos unos a otros, es por nuestros pequeños actos de bondad, saludando a un extraño en la calle, reconociendo al indigente de la esquina y mirándolo a los ojos y tratándolo como una persona real, no como esas personas de paso, de las que también habla el Santo Padre.

Es visitar a un anciano encerrado, que ha perdido a su familia y amigos y no puede vivir en su propia casa, y nosotros vamos a visitarlo.
Es detener los chismes, y el daño que hacemos a la reputación de otra persona, cuando difundimos las malas palabras sobre otra persona. Mi madre siempre me decía: “Bárbara, si no tienes algo bueno que decir sobre alguien, no lo digas”. Y creo que esta es una buena lección para todos nosotros. Cómo construimos la reputación de alguien, en lugar de hacerle daño.
Ayudamos a traer a Jesús al mundo por la forma en que ejercemos nuestros privilegios en el ámbito político, apoyando políticas y legislaciones que son para el mayor bien común, para el bien de la mayor cantidad de gente posible, aunque tal vez lo que apoyamos o promovemos no nos beneficie individualmente, o tal vez no nos beneficie como país, pero es para el mayor bien de más gente, y tal vez exige un poco de sacrificio de nuestra parte. 

Pero, ¿podemos salir de nosotros mismos, trascender nuestro propio interés y pensar “qué es lo bueno para todos”?
Es tratar realmente a todos los miembros del cuerpo de Cristo con igualdad y autenticidad mediante acciones concretas, abrazando a todos como hermanos y hermanas, acogiendo al extranjero entre nosotros. 

También traemos a Jesús al mundo en este período de pandemia, vacunándonos contra el covid, usando máscaras, manteniendo el distanciamiento social, haciéndonos pruebas con frecuencia. Y hay muchas otras maneras.  Somos las manos, los corazones y el espíritu de ese Niño nacido hace más de 2000 años. Gracias por su bondad y por el testimonio de amor que es para los demás. Gracias por dar vida a Jesús para que todos lo veamos en el mundo de hoy.

Les deseo a todos una Navidad feliz, con buena salud y llena de amor, y un Año Nuevo feliz.


Gostaria de desejar a todos um Feliz Natal. Todas as Irmãs Missionárias do Sagrado Coração, os Missionários Leigos Cabrinianos, nossos parceiros na missão e a todos vocês que estão me ouvindo hoje. Estamos quase terminando nosso tempo de Advento e agora o dia de Natal se aproxima. Advento tem sido um tempo de espera, um tempo de conscientização de que precisamos de Jesus, esperamos sua volta. Não estamos apenas esperando a celebração de seu nascimento histórico, mas estamos esperando Jesus voltar ao mundo. Mas Ele já está voltando ao mundo através de nós. Somos parte desse sonho do Advento, somos nós que devemos levar Jesus ao mundo hoje, esse é o nosso chamado.

Como o fazemos?

É pela forma como nos tratamos mutuamente, é pelos nossos pequenos atos de gentileza, cumprimentando um estranho na rua, reconhecendo o sem teto da esquina e olhando-o nos olhos e tratando-o como pessoa humana, não como descartáveis, sobre as quais fala o Santo Padre.

É visitando um idoso solitário, que perdeu família e amigos e não consegue morar na própria casa.

É deixando de fofocar e de causar dano à reputação das pessoas, ao espalharmos coisas ruins sobre elas. Minha mãe sempre me dizia “Bárbara, se você não tem algo bom a dizer sobre alguém, não diga nada”. E acho que é uma boa lição para todos nós. Construir a reputação de alguém, em vez de prejudicá-lo.

Levamos Jesus ao mundo pela forma como exercemos nossos privilégios na incidência política, apoiando políticas e legislações mais exigentes possíveis para o maior bem comum, para o bem das pessoas, mesmo que talvez o que apoiamos ou suportamos não nos beneficie individualmente, ou não nos beneficie como país, mas provê um benefício para um maior numero de pessoas, mesmo que exija um pouco de sacrifício da nossa parte.

 Mas como podemos sair de nós mesmos, transcender nossos próprios interesses e pensar “o que é bom para todos?

É tratando verdadeiramente todos os membros do corpo de Cristo de forma igual e autêntica por meio de ações concretas, abraçando a todos como irmãs e irmãos, acolhendo o estrangeiro entre nós.

Levamos também Jesus ao mundo neste período de pandemia, sendo vacinado contra covid, usando máscaras, mantendo o distanciamento social, fazendo testes frequentes. Existem tantas outras maneiras.

Somos as mãos, o coração e o espírito dessa Criança que nasceu há mais de 2.000 anos. Obrigada por sua bondade e pelo testemunho de amor que você é para os outros. Obrigada por levar Jesus à vida para que todos nós a vejamos no mundo de hoje.

Desejo a todos vocês um feliz e saudável Natal cheio de amor e muita alegria no Ano Novo!


Auguro a tutti voi Buon Natale. A tutte le Tutte le Sorelle, le Missionarie del Sacro Cuore, le Missionarie laiche Cabriniane, i nostri collaboratori nella missione e tutti voi che oggi state ascoltando. Si è appena concluso il periodo di Avvento e ora Natale è alle porte. L’Avvento è stato un tempo d’attesa, un tempo di presa di coscienza che abbiamo bisogno di Gesù, che aspettiamo la sua venuta di nuovo. Non siamo solo in attesa di celebrare la sua nascita storica, ma aspettiamo che Gesù venga di nuovo nel mondo. Comunque Lui è già presente nel mondo attraverso di noi. Dobbiamo essere parte di questo sogno di Avvento, essere noi quelli che possono portare Gesù nel mondo oggi, questa è la nostra chiamata.

Come possiamo farlo? 

È attraverso il modo in cui ci trattiamo l’un l’altro, è attraverso i nostri piccoli atti di gentilezza, salutando un estraneo per strada, riconoscendo il senzatetto all’angolo e guardandolo negli occhi e trattandolo come una persona reale, non come  persone usa e getta, di cui parla anche il Santo Padre.

È visitare un anziano chiuso, che ha perso la famiglia e gli amici e non può vivere solo nella sua casa, e noi andiamo a fargli visita.

È mettere fine ai pettegolezzi, e al danno che facciamo alla reputazione di un’altra persona, quando diffondiamo cattiverie su un’altra persona. Mia madre mi diceva sempre “Barbara, se non hai qualcosa di buono da dire su qualcuno, non dirlo affatto”. E penso che questa sia una buona lezione per tutti noi. Come costruire la reputazione di qualcuno, piuttosto che danneggiarlo.

Aiutiamo a portare Gesù nel mondo dal modo in cui esercitiamo i nostri privilegi nell’arena politica, sostenendo politiche e legislazioni che sono per il massimo del bene comune, per il bene del maggior numero di persone esigenti possibile, anche se forse ciò che sosteniamo o promuoviamo non ci porta beneficio individualmente, o forse non ci porta beneficio come paese, ma è per il maggior bene di più persone, e forse richiede un po’ di sacrificio da parte nostra. 

Ma possiamo spingerci al di fuori di noi stessi, trascendere il nostro interesse e pensare “qual è il bene di tutti?”

È trattare veramente tutte le membra del corpo di Cristo in modo uguale e autentico attraverso azioni concrete che abbraccino tutti come sorelle e fratelli, accogliendo lo straniero in mezzo a noi. 

Portiamo anche Gesù nel mondo in questo periodo pandemico, vaccinandoci per il Covid, indossando maschere, mantenendo le distanze sociali, facendo test frequenti. E ci potrebbero essere tanti altri modi. 

Siamo le mani, il cuore e lo spirito di quel Bambino nato più di 2000 anni fa. Grazie per la vostra bontà e testimonianza d’amore verso gli altri. Grazie per aver dato la vita a Gesù per tutti noi nel mondo

Auguro a tutti voi un Natale felice, sano e pieno d’amore e gioia nel nuovo anno.

Leave a Reply

Your email address will not be published.